quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Fatal Frame, a verdadeira história de horror

Categories: , , ,

Como fã assumida desta maravilhosa série de surviva horror lançado pela Tecmo,conhecida também por Project Zero na Europa e Australia e Zero no japão hoje falarei um pouco sobre a série e cada jogo e logico não vamos nos esquecer que fatal frame é baseado em uma história real não é?

A verdade por trás dos graficos

Suposta foto de uma das salas da mansão
O jogo se passa dentro da famosa mansão Himuro, que realmente existe, não tem uma localização fixa, a única certeza é que ela se localiza nos arredores de Tóquio, a capital japonesa. Diz a lenda que lá acontecia um ritual macabro, e também ocorrera um massacre brutal.


A cada, aproximadamente, dez anos, a atual geração da família deveria realizar um ritual, chamado de Ritual do Estrangulamento. O ritual servia para livrar a casa de um karma, chamado de malice (Malícia em inglês), e que surgia no 13º dia do 12º mês.

Para o ritual era escolhida uma moça ainda bem jovem (algumas versões dizem ao nascer, outras quando esta completa sete anos), que ficava trancada em um quarto, longe do mundo exterior e da família, para manter sua alma limpa e não se “sujar” com a afeição ao mundo externo, neste quarto ela era cuidada por sacerdotizas do templo que havia na mansão, estas usavam máscaras para não deixar que a escolhida se apegasse à nenhuma delas.




suposta foto do templo da mansão
A garota ficava trancada até atingir a idade adulta. Quando chegava a data certa ela era levada ao templo externo, onde era purificada no Santuário da Lua. Então o atual patriarca da família, juntamente com sacerdotes, amarravam o corpo da garota com cordas nos pulsos, tornozelos, pescoço… Cordas ligadas à rodas ou animais de grande porte (Como bois e cavalos). Após as devidas orações serem feitas, os sacerdotes (Ou escravos, existem várias versões) começavam a girar a roda, de modo que os membros da moça eram esticados até serem arrancados totalmente (O ritual possui este nome por ela ser estrangulada ao mesmo tempo em que seus membros eram arrancados.). O sangue jorrava nas cordas, que depois eram usadas para lacrar o portal do karma que se abria em algum lugar do templo xintoísta.

Além do Ritual do Estrangulamento também havia o Ritual do Demônio Cego (não se sabe a relação com o ritual de estrangulamento mas este ritual parecia ser necessário para o sucesso do ritual de estrangulamento) a garota era escolhida (De acordo com a lenda de que a criança era escolhida aos sete anos). Uma outra moça era forçada a usar uma máscara com espetos nos olhos, cegando-a. Depois ela era colocada na maior sala da mansão com várias meninas, e começava uma espécie de “pega-pega”. A moça cega era apresentada como o “Oni” (Demônio) e deveria pegar todas as garotas. A primeira a ser pega seria a próxima “Oni” da seleção daqui a dez anos, cegada pela máscara. Ela seria a mais fácil de se pega por ser “cega” ao demônio. A última a ser pega, portanto, seria a próxima Sacerdotiza do Santuário da Corda, pois podia “ver o mal” e portanto fugia dele com maior facilidade.

suposta foto da mansão
Uma vez, porém, algo saiu errado e a Donzela do Santuário da Corda acabou se apaixonando por um rapaz que ela vira, sem querer, pela janela da mansão. Juntos eles planejavam fugir para impedir o infortúnio que recaíria sobre a garota.

Mas o patriarca descobriu, e, num acesso de loucura por saber que a alma da escolhida estava “impura”, pegou uma espada e matou todos que estavam presentes na mansão naquele momento. Envergonhado com sua falha de prevenir a calamidade, ele caiu sobre sua própria katana cometendo suicídio.

suposta foto do interior da mansão
A Família Himuro e os rituais performados por ela agora estavam mortos. As pessoas locais ficaram quietas quanto a história, e eles não estavam nada ansiosos para descobrir detalhes das mortes. Ainda hoje, esforços são feitos para descobrir mais informações sobre a família e sua tragédia, mas os registros são poucos. Quem consegue encontrar a mansão diz que coisas estranhas acontecem por lá, barulhos, visões de moças sacrificadas.





 Ainda hoje, esforços são feitos para descobrir mais informações sobre a família e sua tragédia, mas os registros são poucos. Um time de pesquisadores foi mandado para a mansão para obter informações, foi assim que boa parte da história verdadeira foi descoberta. A história propriamente está deformada por lendas locais e mistérios, e acredita-se que almas vingativas da família assassinada assombram a mansão, repetindo o ritual que falhou com aqueles que ousam entrar no edifício abandonado. O que é talvez a parte mais aterradora da história é que boa parte dela á verdadeira, incluindo os sacrifícios e os assassinatos. A verdadeira mansão permanece abandonada kilômetros fora de Tókio.




A Tecmo teve cuidadosa precaução para replicar a Mansão. Pequenas marcas de sangue espalhadas no chão e nas paredes do jogo, são marcas verdadeiras achadas pelos pesquisadores.


 Outras lendas locais foram utilizadas para elaborar o enredo do jogo. Um casal de amantes se encontrava em uma árvore fora da mansão antes dos assassinatos. A família da menina disse a ela que ela não poderia mais encontrar seu amor; ela acabou se enforcando na mesma árvore. Após o suicídio, muitos acidentes de carro e mortes foram registradas perto desta árvore. Um lenhador local morreu inexplicavelmente, junto com todos os moradores da vila com os quais ele dividiu sua lenha. Muitas pessoas que perambularam pela mata perto da mansão desapareceram misteriosamente. Outros elementos do jogo são verdadeiros. Pesquisadoras acharam as estranhas estátuas de Budhas ensangüentados e bonecas, usadas para passar de um quarto para o outro na mansão; cabeças decepadas, cordas e amuletos estranhos foram achados espalhados pela mansão. Ocasionalmente, fotos reais tiradas de objetos e locais na mansão revelaram uma imagem fantasmagórica de uma menina de kimono branco que acreditam que seja a donzela assassinada pelo ritual.


Fatal Frame (2001)
PlayStation 2



Nove dias se passaram desde que Mafuyu Hinasaki, irmão de Miku Hinasaki, desapareceu. Tudo isso começou há um mês atrás. A mídia noticiou que o novelista Junsei Takamine havia desaparecido enquanto fazia pesquisas para a criação de sua nova novela, e Mafuyu, um aspirante à jornalista, percebeu que tinha algo errado. Mafuyu, então, decide começar a procurar por Junsei, e essa busca o leva a uma mansão abandonada.



 A Mansão Himuro localiza-se silenciosa e imponente, embrenhada numa floresta. Uma lenda dizia que essa mansão pertenceu à um rico latifundiário, que tinha o controle absoluto da área. Mas agora, a mansão não passa de uma sombra destruída pelo tempo.


Ao que Mafuyu explora a mansão, ele acha recados em papéis escritos pelo próprio Junsei e sua equipe. Esses recados remetiam um número de eventos misteriosos que aconteceram no passado negro da mansão. Para descobrir mais sobre o que aconteceu com a mansão e com Junsei, Mafuyu se embrenha cada vez mais na mansão, e percebe que ele não está sozinho.

Miku foi para a Mansão Himuro para achar seu irmão. E ela não fazia idéia no que estava se metendo.



Comentario pessoal - Fatal frame I é o mais fiel a mansão, tanto que até alguma das manchas de sangue da parede realmente existem na mansão original e até as histórias dos suicidios (eu não estou inventando isso), o gráfico é lindo e tem um ar extremamente mais medonho do que o 2 e o 3 aonde só acaba pecando com seus puzzles mais fáceis mas nada que deixe o jogo menos medonho a cada porta que você abre, eu recomendo para os masoquistas como eu que adoram passar medo e ficar noites sem dormir e sem parar de jogar.




Fatal Frame II: Crimson Butterfly (2003)
PlayStation 2



Mio Amakura e sua irmã gêmea, Mayu Amakura estão visitando o lugar onde passaram a infância pela última vez. Aquele lugar, um esconderijo secreto para as irmãs, será engolido por um lago no fim do verão. Perdida em suas lembranças, Mio finalmente levanta o rosto e percebe que Mayu desapareceu. Procurando por ela, Mio encontra sua irmã seguindo uma borboleta vermelha para o fundo da floresta.


Mayu foge pela floresta, como se fosse conduzida pela borboleta. Ao que ela corre, seu corpo começa a ser tomado por uma mulher vestida de branco.

Correndo atrás da irmã, Mio se encontra sozinha em uma montanha coberta de névoa. Carregada pelo vento, uma triste canção é escutada por ela, e ela começa a notar luzes de festa presas nas árvores da floresta.


Como se aceitasse o convite silencioso, Mio segue o caminho das luzes. Então, quando a floresta se abre em uma grande clareira, é Mayu que está lá de pé, sozinha, cercada por incontáveis borboletas vermelhas.

"Mayu?"

Respondendo ao chamado da irmã, Mayu lentamente começa a se virar. As borboletas começam a dançar como apenas uma.

"A Vila Perdida"


Espalhando-se atrás das irmãs, embrenhada na névoa e na escuridão, está uma vila. A vila que desapareceu. All God's Village. Esta vila esteve na floresta, escondida nas montanhas. Essa floresta será derrubada para a criação de uma represa.

A história segue, no dia de uma cerimônia especial, a vila desapareceu de repente, deixando a floresta presa em uma névoa grossa.




Muitos dizem que se acontecer de você ficar perdido na floresta, você será guiado (Spirited Away) para a vila. A vila onde borboletas vermelhas dançam. A vila que repete sempre e sempre a mesma cerimônia.

Comentário pessoal - Foi minha primeira experiência e contato com esta maravilhosa série, um clima totalmente tomado pelas trevas, histórias medonhas espalhadas por toda a 'vila de todos os deuses', na minha opinião o fatal frame 2 é o que tem os puzzles mais complicados, mas não impossíveis, recomendo para quem ja tiver jogado o primeiro (não tentem fazer como eu) assim fica bem mais fácil, e uma dica vital é a leitura de TODOS OS TEXTOS neste jogo, muito mais do que o 1 e o 3.






Fatal Frame III: The Tormented (2005)
PlayStation 2


Rei Kurosawa perdeu seu noivo num acidente de carro. Aquele fatídico dia do acidente. Que ela provocou, já que estava dirigindo.

Rei é uma fotógrafa independente (Freelance) junto com sua ajudante Miku (que é a protagonista em Fatal Frame I), e um dia, recebeu um trabalho no qual deveria fotografar uma antiga mansão japonesa. Existe um boato no qual diz que essa mansão, situada nas montanhas e a milhas de qualquer civilização, é assombrada.




Um dia, enquanto trabalha, Rei vê algo inexplicável: seu noivo, Yuu Asou. E pelo o que ela sabe, ele está morto.

Seguindo seu amor falecido, Rei percebe que ela vagueou e penetrou cada vez mais nas ruínas da mansão abandonada. No final de um corredor, ela vira e de repente a visão dela muda. A neve está caindo fortemente, e na frente dela, estão muitas e muitas lápides. O lugar não se parece nem um pouco com a mansão daonde ela tirava fotos até agora.






Desta vez o horror recai sobre três personagens simultaneamente: a protagonista deste episódio é a fotógrafa freelancer Rei Kurosawa, que perdeu o noivo num acidente de carro; e, quando ela fotografava uma casa abandonada, a imagem do rapaz apareceu em uma das imagens reveladas. A partir daí, a moça passa a ter estranhos pesadelos, que se passam exatamente nesse local, onde encontra uma misteriosa mulher com uma tatuagem.





Os outros dois personagens são Miku Hinasaki, que protagonizou o primeiro "Fatal Frame", e Kei Amakura, tio de Mayu e Mio, as gêmeas do segundo episódio. Como se vê, o terceiro capítulo vem para explicar todos os mistérios da série, mas não é necessário ter jogado os títulos passados, pois há uma recapitulação, mesmo assim, obviamente quem os conhece terá uma imagem mais completa de todos os acontecimentos. E não para ai não, como se não fosse o bastante, a propria casa de Rei esta assombrada (sim, você joga na mansão e na casa da Rei) o que deixa o jogo com um clima muito mais sombrio por se passar em cenas cotidianas e não só em algo tão longe de pessoas como nós 'pobres mortais'.

Comentário pessoal - da série que eu joguei, para mim foi um dos mais 'compridos' mas isso ainda não deixa o jogo menos interessante pelo fato de mudar varias vezes de cenário, e o interessante neste jogo é que as '3 mansãos' estão 'unidas' e isso realmente deixa o jogo bem mais chamativo e eu o recomendo jogar por ultimo por este e outros fatores como a história dos 2 primeiros jogos da série que se 'misturam' com a terceira, mas como ja falei, isso não deixa o jogo menos tenebroso e ainda consegue deixar muito marmanjo sem dormir por algumas semanas.



Fatal Frame IV: Mask of the Lunar Eclipse (2008)
Nintendo Wii





10 anos atrás, cinco garotas foram capturadas e mantidas seqüestradas por um criminoso em uma casa misteriosa na ilha Rougetsu, localizada no sul de Honshu. Elas foram salvas por Chōshiro Kirishima, um detetive. Depois de alguns anos passados do incidente, duas garotas, Marie Shinomiya e Tomoe Nanamura, morreram misteriosamente.




 As três garotas restantes, Ruka Minazuki, Misaki Asō e Madoka Tsukimori, todas com 17 anos de idade agora, retornam para a ilha para recordar suas memórias perdidas e descobrir sobre o seqüestro. Chōshiro segue as garotas a procura da mãe de Ruka, Sayaka Minazuki.


Comentário pessoal - Não tenho muito o que falar sobre esta ultima parte da série, afinal, este eu não tive o prazer de jogar mas pelo o que eu ouvi de quem jogou realmente vale e cumpre o que fala honrando o grande nome do Projecto Zero. Os fantasmas ficam inteligentes ao decorrer do jogo, começam a se esconder e além de que neste jogo você pode realmente vasculhar TUDO atrás deles, e pelo trailer vejo que este também vai ser um jogo que vai deixar muito marmanjo dormindo de luz acesa.





e para quem ainda não acredita nesta grande e perversa historia de terror, uma foto supostamente tirada dentro da mansão






e ainda digo mais, nós da SSWR ainda temos as musicas finais destes jogos =D


Fatal Frame II|Amano Tsukiko - Chou (Download)


Fatal Frame III|Amano Tsukiko - Voice (Download)


Fatal frame IV|Amano Tsukiko - Zero no Chouritsu (Download)

Fatal Frame IV (ending Nightmare)| Amano Tsukiko - Noise (download)

A Radio que vai dominar o meu, o seu, o nosso mundO!

Related Posts

3 Response to Fatal Frame, a verdadeira história de horror

15 de outubro de 2010 10:56

caraca sem palavras a postagem está sensacional e a história dessa mansão é algo q nos dar vontade de se aprofundar ainda mais na história e sobre o jogo já joguei os 3 primeiros e são indescritiveis bons d+ e eu viciei a fox nesse jogo sintam inveja XD

13 de dezembro de 2010 02:45

agr eu entendi a históriia. mt booa essa postagem, parabens (:
eu jogo o fatal frame III: the tormented. me da mt medo, e nao entendia o jogo, agr entendo.mt obg ;**
qe Deus aabençoe á todos. [/essejogoédomal.mas é legal (:

22 de julho de 2014 22:09

gostei do post , vim exatamente pra isso conhecer a historia de fatal frame, eu to jogando o 3 e queria conhecer os anteriores , mds me cagando muito kkkk , parabens pelo blog

Postar um comentário